Custódia e Gestão de Arquivos

Custódia e Gestão de Arquivos

“Desde a mais Alta Antiguidade que o homem sentiu a necessidade de conservar a sua própria «memória», primeiro sob a forma oral, depois sob a forma de graffiti e de desenhos e, finalmente, graças a um sistema codificado, isto é, com símbolos gráficos correspondentes a sílabas ou letras. A memória assim registada e conservada constituiu e constitui ainda a base de toda e qualquer actividade humana: a existência de um grupo social seria impossível sem o registo da memória, ou seja, sem arquivos. A própria vida não existiria, pelo menos sob as formas que conhecemos, se não houvesse o ADN, isto é, a memória genética registada nos «arquivos primordiais»”

Elio Lodolini (1989), op. cit., p. 141

A nossa solução:

Dúvidas frequentes: