Living. Data.

Como recolher equipamento de proteção individual de forma segura?

Sabia que se a sua empresa tiver mais de 20 colaboradores é recomendado ter um sistema de recolha de luvas, máscaras e viseiras utilizadas? 


Foi aprovado, a 28 de maio de 2020, pela Assembleia da República um conjunto de boas práticas que o Governo deve seguir de forma a garantir que os equipamentos de proteção utilizados, como luvas, máscaras e viseiras, são tratados de forma profissional para efeitos de prevenção do contágio do novo coronavírus

De forma sucinta, nos termos do nº5 do artigo 166º da Constituição é recomendado:

  • Nos locais com elevada afluência de pessoas, deve ser articulado entre as autarquias e as empresas um sistema de depósito e recolha de resíduos adequado. Em vigor para organizações com mais de 20 colaboradores, e em espaços perto de caixas multibanco, hospitais, transportes, entre outros. 
  • Criação de uma campanha de esclarecimento aos cidadãos que alerte para os riscos da incorreta deposição de resíduos de proteção individual;
  • Promoção de uma campanha em meios offline e digitais para sensibilização e formação da população no que diz respeito ao acondicionamento de depósito dos resíduos urbanos, e os eventuais riscos para os trabalhadores dos sistemas de recolha, e para o meio ambiente, no caso do depósito inadequado;
  • Incentivo à produção de máscaras sociais reutilizáveis e outros materiais de proteção acordo as normas predefinidas pelo CITEVE;

Caso pretenda pode consultar o artigo na integra no Diário da República. Ou se preferir estamos igualmente ao seu dispor para o ajudar caso necessite de mais informações.